De acordo com as Leis 12.965/2014 e 13.709/2018, que regulam o uso da Internet e o tratamento de dados pessoais no Brasil, ao me inscrever na newsletter do portal DICAS-L, autorizo o envio de notificações por e-mail ou outros meios e declaro estar ciente e concordar com seus Termos de Uso e Política de Privacidade.


O Comando man

Colaboração: Eduardo Maçan

Data de Publicação: 16 de Março de 1998

Uma característica bastante interessante do comando man é a flag -t. Esta flag faz com que o comando man redirecione a saída gerada para um formatador que por sua vez irá criar um arquivo postscript.

% man -t tcpdump > tcpdump.ps

Em sistemas FreeBSD e Linux, o formatador utilizado é o groff, que normalmente faz parte da instalação básica destes sistemas. Os arquivos postscript resultantes são bastante mais agradáveis de se ler e podem ser visualizados com o comando gs (ghostscript) ou mesmo impressos em uma impressora postscript.

E não precisa nem dizer, 90% da informação está nas man pages. E o melhor conselho para quem está começando a trabalhar com Unix é RTFM :-)



Veja a relação completa dos artigos de Eduardo Maçan