De acordo com as Leis 12.965/2014 e 13.709/2018, que regulam o uso da Internet e o tratamento de dados pessoais no Brasil, ao me inscrever na newsletter do portal DICAS-L, autorizo o envio de notificações por e-mail ou outros meios e declaro estar ciente e concordar com seus Termos de Uso e Política de Privacidade.


Configurando hosts favoritos no SSH

Colaboração: Andrey Smith

Data de Publicação: 04 de Dezembro de 2009

Acesso remoto é algo que faz parte da rotina de administradores de rede, e em ambientes Unix e Linux, o SSH é o protocolo mais utlizado para esta tarefa. Neste tutorial, irei mostrar como configurar host alias no SSH.

Pré-requisitos

OpenSSH - Software que provê a criptografia em sessões de comunicações em uma rede de computadores usando o protocolo SSH.

Há duas maneiras de criar os aliases:

1) Alias para todos usuários do sistema

Efetuar estas configurações logado como root.

# vim /etc/ssh/ssh_config

Adicionar as linhas abaixo no final do arquivo

Host tico
HostName 192.168.0.1
User root
Port 8082
  • Host - É o alias (apelido) para a máquina remota
  • HostName - Pode ser utilizado o hostname ou IP da máquina remota
  • User - Usuário que será utlizado para efetuar o acesso remoto
  • Port - É especificado quando o ssh não está sendo executado na porta padrão (22), caso contrário, esta linha torna-se desnecessária.

Obs.: Para usuários Mac, o arquivo de configuração está localizado em /etc/ssh_config.

2) Alias válido apenas para usuário

Efetuar estas configurações com usuário diferente do usuário root, neste exemplo utilizarei o usuário smith. Caso o diretório .ssh não exista, basta criá-lo com comando o abaixo

$ mkdir ~/.ssh

Conceder a permissão necessária

$ chmod 700 ~/.ssh

Criar aliases

$ vim ~/.ssh/config

Conteúdo do arquivo config:

Host teco
HostName 192.168.0.2
User smith

O arquivo config deve ter permissão 600, ou seja, deve estar acessível apenas para o usuário dono do arquivo.

Prova dos nove

Neste ponto do tutorial existem dois aliases criados, um para todos usuários do sistema e outro apenas para o usuário smith.

Testar acesso remoto

As duas tentivas de acesso a máquina remota tico, devem funcionar, pois o alias foi criado para todos usuários do sistema. Executar o comando abaixo logado com usuário root.

# ssh tico

Executar o comando abaixo logado com usuário utilizado para criar alias de usuário (smith)

$ ssh tico

Apenas a segunda tentiva de acesso a máquina remota teco, deve funcionar, pois o alias foi criado apenas para o usuário smith. Executar o comando abaixo logado com usuário root

# ssh teco

Executar o comando abaixo logado com usuário utilizado para criar alias de usuário (smith)

$ ssh teco

Testar cópia de arquivos remoto

# scp /etc/ssh/ssh_config tico:/home
$ scp ~/.ssh/config teco:/home

Conclusão

Aliases no ssh ajudam a manter de forma organizada, uma lista dos computadores remotos que são mais acessados diariamente.



Veja a relação completa dos artigos de Andrey Smith