De acordo com as Leis 12.965/2014 e 13.709/2018, que regulam o uso da Internet e o tratamento de dados pessoais no Brasil, ao me inscrever na newsletter do portal DICAS-L, autorizo o envio de notificações por e-mail ou outros meios e declaro estar ciente e concordar com seus Termos de Uso e Política de Privacidade.


Como criar e extrair um backup em uma unidade de fita remota

Colaboração: Carla Cristina Alonzo Duclós

Data de Publicação: 11 de Fevereiro de 2004

Extrair:

Para extrair um backup de uma fita localizada em outro servidor remotamente:

$ ssh <maquina remota> 'dd if=/dev/rmt0' | tar xvf -

O dd é executado na máquina remota através do ssh e lê o conteúdo da fita que se encontra nesse servidor. O pipe (|) redireciona a leitura da fita, que está acontecendo remotamente, para o comando tar, que é executado localmente.

Criar:

Para criar um backup usando uma unidade de fita remota:

$ tar cvf - <diretorio a copiar> | ssh <maquina remota> dd of=/dev/rmt0

O tar executado localmente vai gerar o conteudo a ser enviado para a fita que se localiza em outro servidor. Esse conteúdo é redirecionado através do pipe (|) para o ssh que executará na máquina remota um dd que irá escrever os dados na fita.

OBS: /dev/rmt0 é o dispositivo de fita em sistemas AIX. Para usar em outros unixes basta substituir pelo dispositivo equivalente.



Veja a relação completa dos artigos de Carla Cristina Alonzo Duclós