De acordo com as Leis 12.965/2014 e 13.709/2018, que regulam o uso da Internet e o tratamento de dados pessoais no Brasil, ao me inscrever na newsletter do portal DICAS-L, autorizo o envio de notificações por e-mail ou outros meios e declaro estar ciente e concordar com seus Termos de Uso e Política de Privacidade.


Backups com GNU TAR

Colaboração: Rubens Queiroz de Almeida

Data de Publicação: 01 de Outubro de 2001

O GNU Tar (Tape Archive), comum em sistemas livres como FreeBSD e Linux, nos oferece a facilidade de se criar um backup de arquivos selecionados.

# find . -name \*.sh | tar cvzf backup.sh.tar.gz -T -

O comando find irá encontrar os arquivos terminados em .sh e o comando tar receberá esta lista por meio do pipe (caractere "|"), indicada pela diretiva -T. O sinal "-" significa "standard output/", ou o que veio pelo pipe, que foi gerado pelo comando find.

O arquivo criado, backup.sh.tar.gz conterá apenas arquivos terminados em .sh.



Veja a relação completa dos artigos de Rubens Queiroz de Almeida