você está aqui: Home  → Colunistas  →  Bancos de Dados Livres

Exportação de dados de tabelas MySQL em formato texto ou csv

Colaboração: Rubens Queiroz de Almeida

Data de Publicação: 14 de Março de 2011

O banco de dados MySQL oferece um recurso bastante útil, que é a exportação de uma tabela de um banco de dados no formato csv (Comma Separated Values), ou txt.

Primeiramente, fazemos o acesso ao banco de dados desejado:

  % mysql -u root -p
  Enter password: xxxxxxxxx

A seguir, selecione o banco de dados que contém a tabela que se quer salvar:

  mysql> use empresa

Em seguida, fazemos a seleção dos campos que desejamos salvar, acrescentando as diretivas para que o resultado da consulta seja salvo em um arquivo.

Comecemos com o caso mais simples, a exportação do resultado da consulta para um arquivo de texto simples, selecionando todos os campos da tabela:

  mysql> SELECT * FROM cadastro INTO OUTFILE '/tmp/cadastro.txt';

O resultado da consulta será salvo no arquivo /tmp/cadastro.txt

Para salvar no formato csv, precisamos acrescentar algumas diretivas à nossa consulta. Este formato é o mais apropriado para fazer a importação dos dados em um software de planilha eletrônica, como o Libroffice Calc.

  mysql> SELECT * FROM cadastro
  > INTO OUTFILE '/tmp/cadastro.csv'
  > FIELDS TERMINATED BY ','
  > ENCLOSED BY '"'
  > LINES TERMINATED BY '\n'

Com as diretivas acima estamos instruindo o software a delimitar cada campo usando uma vírgula (FIELDS TERMINATED BY ','), sendo que cada campo é delimitado por aspas duplas (ENCLOSED BY '"') e finalmente, especificamos que cada linha termina com uma quebra de linha (LINES TERMINATED BY '\n').

Para simplificar o texto, foi feita a seleção de todos os campos (SELECT * FROM cadastro), mas você pode montar a sua consulta conforme a sua conveniência.

Referências

Esta dica foi montada tomando por base o artigo Save MySQL query results into a text or CSV file.

Sobre o autor

Luiz Paulo de Oliveira Santos teve seu primeiro contato com computadores em 1984, estudou BASIC para equipamentos de 8 bits (ZX-81 e Apple 2), em 1985 com o ambiente de 16 bits, e em 1988 com o ambiente de 32 bits. Em 1993 foi um dos primeiros Brasileiros a ter contato com o VBK que em 1995 se tornou o Delphi. Graduou em Tecnologia Em Processamento de Dados, cursou especialização em Análise de Sistemas e atualmente é graduando em Ciências Jurídicas. Atua como analista de suporte de redes da Universidade Metodista de Piracicaba, é editor da revista DB Freemagazine (uma revista gratuíta focada exclusivamente para bancos de dados Cliente/Servidor) e professor nas Faculdades Integradas Einstein de Limeira no curso de Tecnologia em Sistemas de Informação. Tem experiência nas áreas: Sistemas de Computação, Redes e Teleprocessamento de Dados, Bancos de Dados cliente-servidor e SQL. É autor do livro Firebird - Dicas de Segurança, publicado pela Editora Ciência Moderna.

Recomende este artigo nas redes sociais

 

 

Veja a relação completa dos artigos desta coluna