O importante é dar o primeiro passo

Por Wagner Campos

Data de Publicação: 15 de Julho de 2008

Iniciar a vida profissional, em alguns casos é como se fazer uma longa caminhada descalço em uma estrada cheia de pedras. Quando nos acostumamos com as dores nos pés e achamos que nada pode ficar pior, aparece uma montanha para escalarmos. E lá vamos nós montanha acima, com os pés doloridos.

O primeiro emprego muitas vezes traz situações semelhantes para os novatos. Principalmente para aqueles que acabaram de entrar na faculdade e estão em busca de um estágio ao menos para adquirir a experiência exigida pelo mercado.

É neste momento que os conflitos se iniciam. Algumas empresas querem contratar estagiários não para poder formá-los com as características e propostas da organização mas por ser uma mão-de-obra com custo reduzido devido à menor incidência de impostos e direitos. Passam então a exigir algumas experiências anteriores, que muitas vezes, nem mesmo têm a ver com o que o aluno está cursando, mas que venham de encontro ao interesse da empresa.

Há também aqueles que acreditam que por estarem na faculdade irão trabalhar somente quando receberem a remuneração que definiram como meta, caso contrário, preferem não trabalhar. Mais um conflito se inicia: meta é algo que devemos buscar através de esforços e estratégias bem elaboradas e não uma condição única para a realização. Imagine como você faria para chegar a um destino sem dar o primeiro passo? É impossível.

Para se construir uma carreira sólida é preciso se dedicar, se especializar, fazer treinamentos, cursar idiomas, ler sobre as tendências e acontecimentos regionais, nacionais e mundiais e trabalhar muito. Há vários executivos, presidentes de multinacionais que iniciaram suas carreiras como office boys e após muitos anos, chegaram ao topo. Obviamente a jornada é longa, porém contínua. É preciso dar o primeiro passo e em seguida subir cada degrau confiantemente.

Mas, antes de dar o primeiro passo, é necessário definir o que se deseja fazer, em quanto tempo, como, a partir de quando e até quando. Trace os objetivos, metas e desejos. Faça um planejamento de seu projeto de vida e das estratégias que adotará para atingi-los. E caso em algum momento algo esteja em desacordo com o proposto, qual será sua estratégia de correção?

O tempo não volta. Erros são comuns, mas devem ser minimizados e utilizados como referência positiva para um aprendizado profissional. Não desista quando enfrentar as primeiras dificuldades, quando ouvir muitos .não. ou se demorar a encontrar as oportunidades desejadas.

A jornada realmente é longa e quase sempre dolorida, mas não é impossível de ser realizada. Esteja preparado para imprevistos, conheça as empresas às quais irá se candidatar, estude sobre o mercado em que elas atuam, compreenda as atribuições sobre as vagas para a qual se candidatou, seja sincero e acredite que você conseguirá a melhor oportunidade no momento certo. O importante é dar o primeiro passo.

Recomende este artigo nas redes sociais

 

 

Veja a relação completa dos artigos desta coluna