você está aqui: Home  → Colunistas  →  Construindo o Futuro

 

A sustentabilidade começa quando nossa angústia se transforma em ação

Por Ivan Postigo

Data de Publicação: 01 de Julho de 2011

Antes de tratar dessa questão vamos refletir sobre a origem da palavra sustentabilidade.

O termo "sustentável" vem do latim sustentare, que significa sustentar, defender, favorecer, apoiar, conservar, cuidar.

O princípio da sustentabilidade, que por razões óbvias ganha cada vez mais dimensão, aplica-se aos empreendimentos, cidades, e claro, toda extensão do planeta.

Por consciência, boa vontade e disposição do homem?

Claro que não! Os mais apaixonados até dirão que sim e ainda acreditam que mudarão o mundo e salvarão planeta.

Eu lamento dizer, mas não dá mais tempo. Poderemos salvar algumas coisas, contudo o preço que a humanidade pagará será muito alto.

Alguns talvez me chamem de pessimista, mas observe o seguinte: o mundo não tem mais onde colocar o lixo e o homem não tem encontrado solução.

Os rios estão cada vez mais poluídos, as fontes de água desaparecendo, e o homem não encontra solução.

O ar recebe a cada dia mais gases e particulas tóxicas. Solução? Por enquanto algumas medidas que não podemos nem chamar de paliativas.

Falávamos sobre isso e um amigo me disse: - Pelo amor de Deus, você só pega casos extremos. Diga algo mais fácil onde possamos agir!

Disse-lhe: - Se eu apontar algo mais fácil, mas muito mais simples, você resolve?

Naquele minuto de silêncio, pudemos ver as interrogações que saiam de sua cabeça e seu olhar engraçado de desconfiança.

Agoniado, pela espera, ele gritou: - Fala logo ou não tem argumento?

  • Mosquito da dengue! Resolva essa "parada".

    Se não somos capazes de evitar o acúmulo de água em pneus, garrafas, latas, e tantos "cacarecos" nos nossos quintais, vamos salvar o planeta?

    Todos os anos é a mesma coisa. Equipes e mais equipes, batendo nas portas para vistoriar quintais. Pior, nas casas fechadas, abandonadas, esquecidas, elas não podem entrar sem uma medida legal. Vamos salvar o planeta?

    Agimos mais para minimizar do que para prevenir. Cuidamos mal do próprio corpo, que é nossa primeira morada.

    Para aqueles que acreditam em Deus ainda sobra a alma, para os que não acreditam não sobra nada!

    Sustentabilidade tem que ser observada em todos os empreendimentos, pois tem relação direta com a felicidade.

    Felicidade tem a ver com qualidade de vida, e esta com nosso trabalho e relações, então observe como ficaria nossa vida se tudo que fizéssemos fosse:

    ecologicamente correto economicamente viável socialmente justo culturalmente diverso

    O esforço vale a pena, mas não é assim que agimos. Falamos sim, mas não fomos educados e pouco educamos para essa conduta. Recebemos algumas orientações e uma caixa com medidas paliativas e outra com desculpas. E assim seguimos.

    Enquanto ouvia o depoimento da Professora Amanda Gurgel, na Assembléia legislativa do RN, pensava na contundência de suas palavras. Sua fala também alcança as catástrofes que temos observado e que pouco tem sido feito.

    Como só agimos nas crises, pouco pode-se remediar, então aprendamos com ela essa grande lição: "Precisamos transformar nossa angústia em ação".

    A raíz está na educação, que nos prepara para a sustentabilidade.

Sobre o autor

Ivan PostigoIvan Postigo é economista, contador, pós-graduado em controladoria pela USP. Vivência em empresas nacionais, multinacionais americanas e européia de lingotamento de aço, equipamentos siderúrgicos, retroescavadeiras e tratores agrícolas, lentes e armações de óculos, equipamentos de medição de calor, pilhas alcalinas, vestuários, material esportivo, refrigerantes, ferramentas diamantadas , cerâmicas, bebidas quentes, plásticos reciclados, hotelaria e injeção de plásticos. Executivo nas áreas fabril, administrativa/financeira, marketing e vendas. Escreve artigos com foco nos aspectos econômicos e de gestão das empresas para jornais e revistas. Desenvolve consultoria e palestras nas áreas mercadológica, contábil/financeira e fabril. Autor do livro: Por que não? Técnicas para Estruturação de Carreira na área de Vendas.

Site Pessoal: www.postigoconsultoria.com.br.

Recomende este artigo nas redes sociais

 

 

Veja a relação completa dos artigos desta coluna

  • Currently 2.96/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Avaliação: 3.0 /5 (1148 votos)

Opinião dos Leitores

Seja o primeiro a comentar este artigo
*Nome:
Email:
Me notifique sobre novos comentários nessa página
Oculte meu email
*Texto:
 
  Para publicar seu comentário, digite o código contido na imagem acima
 


Powered by Scriptsmill Comments Script