você está aqui: Home  → Colunistas  →  Construindo o Futuro

 

Uma combinação explosiva: Incompetência e Negligência.

Por Ivan Postigo

Data de Publicação: 19 de Março de 2010

Fracasso, falência, não escolhem idade de empresa.

As estatísticas mostram que o desaparecimento de empresas nos primeiros anos de vida é alto, mas não mencionam que temos poucas empresas centenárias, o que mostra que a maioria não resiste à passagem da segunda para a terceira geração. Claro, quando sobrevivem à primeira!

Uma empresa recém-criada não resistir às exigências de mercado é mais fácil entender do que uma empresa que sobreviveu, muitas vezes, mais de cinqüenta anos.

Gestão é feita por pessoas, num mix de conhecimentos, ideais, crenças, interesses, num ambiente em notável mutação.

Um dos problemas visíveis em organizações consolidadas é o conflito de gerações.

A luta individual pela sobrevivência leva gestores a evitar e afastar ameaças, a formar alianças politicamente fortes e tecnicamente fracas, negligenciado situações de risco.

A negligência sempre fragilizará a companhia, quer a decisão não tenha sido tomada por medo de fracasso ou por conveniência momentânea.

Problema não visto é dor não sentida, afinal o que os olhos não vêem o coração não sente. Não é assim o velho ditado?

Não, em gestão as coisas são bem diferentes. O que os olhos não vêem o caixa sente! Às vezes a negligência acaba sendo confundida com a incompetência.

A falta de competência quando percebida pode ser evitada e os problemas corrigidos.

Competência está ligada a habilidades, portanto por ser melhorada com treinamento, informações, procedimentos, orientação.

O lado negro da questão é quando a incompetência se dá por ignorância.

A palavra ignorância o incomoda?

A mim também, não pelo seu uso inadequado e pejorativo, mas pela brutal fragilidade que a palavra expressa.

Ignorante é aquele que não sabe, não tem conhecimento.

Imagine uma pessoa que perde seu emprego, apanha toda indenização, saldo do FGTS, e aplica tudo num negócio com o qual não teve o menor contato antes. Suas chances de sucesso são substancialmente inferiores às de fracasso.

Por que o conhecimento é fundamental e ainda determinante na gestão moderna se a regra "quem tem a informação tem o poder" já não é uma verdade absoluta?

Velocidade na tomada de decisão é crucial, mas esta só pode acontecer com informação.

A distância entre o que se ensina nas faculdades e a realidade de mercado têm aumentado, felizmente temos na internet uma rica e maravilhosa fonte de informação.

Um aspecto que tem que ser melhorado, para que nossas empresas aumentem suas chances de sucesso, é a competência. Competência está relacionada ao uso e aplicação.

Ninguém aprende a nadar apenas lendo um livro sobre estilos. Para aprender a flutuar é necessário entrar na água.

Líderes, supervisores, gerentes, precisam encontrar as razões da incompetência para poder agir e mais, eliminar a negligência para suceder.

Em algum canto nas organizações elas estão presentes, em maior ou menos grau, identificá-las e estruturar um plano de ação para correção é papel do gestor.

Sobre o autor

Ivan PostigoIvan Postigo é economista, contador, pós-graduado em controladoria pela USP. Vivência em empresas nacionais, multinacionais americanas e européia de lingotamento de aço, equipamentos siderúrgicos, retroescavadeiras e tratores agrícolas, lentes e armações de óculos, equipamentos de medição de calor, pilhas alcalinas, vestuários, material esportivo, refrigerantes, ferramentas diamantadas , cerâmicas, bebidas quentes, plásticos reciclados, hotelaria e injeção de plásticos. Executivo nas áreas fabril, administrativa/financeira, marketing e vendas. Escreve artigos com foco nos aspectos econômicos e de gestão das empresas para jornais e revistas. Desenvolve consultoria e palestras nas áreas mercadológica, contábil/financeira e fabril. Autor do livro: Por que não? Técnicas para Estruturação de Carreira na área de Vendas.

Site Pessoal: www.postigoconsultoria.com.br.

Recomende este artigo nas redes sociais

 

 

Veja a relação completa dos artigos desta coluna