você está aqui: Home  → Arquivo de Mensagens Você sabia que o bitcoin valorizou 102% só em 2020?

Visual Studio Code - Top 10 perguntas respondidas

Colaboração: Diego Boot

Data de Publicação: 06 de maio de 2016

Estou começando a gostar do Visual Studio Code, e eu já o apresentei a diversas pessoas em diversos eventos (principalmente no Mac OS X e Linux), pensei então que seria útil resumir as 10 melhores perguntas que já me fizeram sobre ele.Claro que existem alguns guias e vídeos realmente muito bons que podem ser facilmente encontrados na própria página de Documentaçao do Visual Studio Code (em inglês) mesmo assim tomei a liberdade de responder de forma rápida algumas das perguntas mais comuns que já ouvi.

O que é o Visual Studio Code?

Muito simplesmente, ele é um editor de código livre, multiplataforma para criação e depuração de aplicativos web e de modernos.O que não é tão completo quanto um Ambiente de Desenvolvimento Integrado (IDE) com sistemas de projeto, assistentes, modelos de projeto, designers, ferramentas de plataforma e muito mais. No entanto, ele é mais do que um simples editor embora com suporte para tarefas, controle de fonte integrado e depuração recursos.O editor open source está disponível para as plataforma Mac, Linux x64 e 32bit e Windows.

Quanto custa?

Absolutamente nada, ele é uma totalmente gratuita.

O VS Code substitui o VS Community Edition?

Não, ele compartilha o mesmo nome de família Visual Studio, mas não é outra variante da IDE do Visual Studio. Assim, embora o Visual Studio Community Edition também seja livre, ele é o ponto de entrada para a família de ferramentas IDE do Visual Studio e não tem o foco apenas como editor como o caçula Visual Studio Code é. Você pode ver, eles são diferentes:

Ele tem suporte para quais linguagens?

Ele conta com suporte para mais de 30 linguagens incluindo JavaScript, C#, C++, PHP, Java, HTML, R, CSS, SQL, Markdown, TypeScript, LESS, SASS, JSON, XML e Python. Ele traz suporte também para contagem, ainda possui realce de sintaxe e correspondência de parênteses.FeaturesLanguagesSyntax coloring, bracket matchingBatch, C++, Clojure, Coffee Script, Dockerfile, F#, Go, Jade, Java, HandleBars, Ini, Lua, Makefile, Objective-C, Perl, PowerShell, Python, R, Razor, Ruby, Rust, SQL, Visual Basic, XML+ SnippetsGroovy, Markdown, PHP, Swift+ IntelliSense, linting, outlineCSS, HTML, JavaScript, JSON, Less, Sass+ Refactoring, find all references TypeScript, C#

Posso adicionar suporte para uma linguagem que não está na lista?

Sim, a comunidade está fornecendo suporte de idioma de código do VS para praticamente qualquer linguagem de programação moderna. Para ver se existem extensões para a linguagem desejada, basta abrir a Galeria de extensão e filtrar pelo nome da linguagem.

Vá em Type F1 > ‘ext inst’ para abrir a lista com a galeria de extensões e em seguida, digite o nome do idioma para filtrar os resultados. Você também pode navegar diretamente para o VS Code Marketplace (Preview) para procurar pelos linguagens suportadas.

Ele é apenas um editor?

Não, o Visual Studio Code vai além de ser “ apenas ” um editor, ele também fornece suporte para tasks (tarefas) e tem a capacidade de depurar aplicativos.

o suporte para tarefa essencialmente significa que você pode optar por executar várias ferramentas externas sob demanda ou automaticamente de dentro Visual Studio Code. Dentre essas ferramentas estão incluídas as frameworks D3, JQuery, Express, Angular, grunt, gulp e muito outras. eu costumo executar bastante de forma automática uma tarefa no Gulp para arquivos com remarcação .md para .html cada vez que um arquivo é adicionado ou alterado. Você também pode fazer isso usando este guia.

Sem dizer que há um bom suporte à depuração integradas para Node.js, TypeScript e JavaScript, além do suporte para Mono C# e para OS X e Linux. Para depuração de outros linguagens você pode consultar o VS Code Marketplace (Preview).

Ele faz integração com o controle de origem (ou fonte)?

Sim, a integração Git é construída por default (padrão].

Por que eu o usaria se eu já tenho VS Community/Professional/Enterprise?

Na minha opinião, acho que ele é uma ferramenta e um bom companheiro para um usuário que já possui a IDE do Visual Studio, eu por exemplo como um bom usuário da plataforma Linux as vezes só quero mergulhar direto no código-fonte e fazer algumas mudanças, ou seja, não quero ou preciso de uma IDE completa para esse tipo de situação. Outros exemplos seriam para diferentes tipos de arquivo, como por exemplo, um editor markdown, com suporte para pré-visualização.É realmente uma boa ideia fazer a instalação dele mesmo que você já possua outra IDE do Visual Studio, ele vai economizar um tempão quando você precisar apenas editar um código.

Por que eu iria usá-lo no Mac ou Linux?

Simples, porque é um editor gratuito, é uma boa ferramenta com recursos extras, que é suportado nessas plataformas. Outro ponto positivo, é o suporte para o .NET nessas plataformas, o que significa que você poderia, por exemplo, desenvolver um aplicativo em C# ASP.NET no Mac OS X usando o Visual Studio Code e implantar (via Git e/ou Visual Studio on-line) para Windows ou Linux localmente ou pela nuvem. Essencialmente, você pode se mover de plataforma em plataforma e e sempre ter o editor com você.

Ele está finalizado, recebe atualizações?

Não, ele foi o inicialmente lançado na v0.3.0 e atualmente ele já recebeu novas atualizações indo para v0.10.5. Você pode ver o que há de novo e o que mudou em updates

Sobre o autor

⑄ Blog: http://androidmais.com
⑄ Twitter: https://twitter.com/_AndroidMais
⑄ Facebook: https://fb.me/androidmaisbrasil
⑄ Instagram: https://instagram.com/androidmais

⋕ Parceiro | Tarverna Linux
⑄ YouTube: http://bit.ly/Taverna_Linux
⑄ Dailymotion: http://www.dailymotion.com/tavernalinux



Veja a relação completa dos artigos de Diego Boot