você está aqui: Home  → Arquivo de Mensagens

Usando o Spacewalk para gerenciar servidores Linux - parte2

Colaboração: Alexandro Silva

Data de Publicação: 29 de julho de 2015

Dando continuidade ao primeiro post sobre o Spacewalk, apresentarei neste artigo como registrar clientes CentOS e Debian GNU/Linux, os mesmos procedimentos podem ser utilizados para clientes Ubuntu.

Observação: Para visualizar as imagens ampliadas, basta clicar sobre elas.

Registrando um cliente CentOS 7

Instalar pacotes

  yum -y install rhn-client-tools rhn-check rhn-setup rhnsd m2crypto yum-rhn-plugin

Registrar cliente ao Spacewalk

Use o comando rhnreg_ks para registrar o cliente ao Spacewalk, sua sintaxe é:

  rhnreg_ks --serverUrl=http://[Spacewalk Server]/XMLRPC ----activationkey=1-[Chave de registro]

OBS: A chave de registro foi criada durante a configuração do Spacewalk

  rhnreg_ks --serverUrl=http://192.168.0.1/XMLRPC --activationkey=1-56e180d3b82d2265a222b3b8f7b8f8e3

Acesse a GUI para verificar se o cliente foi registrado corretamente.

Cadastrar o cliente no canal filho

Para utilizar os pacotes associados a um canal filho é necessário habilitá-lo no sistema.

Vá para Systems -> [CLIENTE] -> Software -> Software Channels -> Software Channel Subscriptions, selecione os repositórios aos quais ele tem acesso e clique em CONFIRM.

Um segunda tela de confirmação será apresentada clique em MODIFY BASE SOFTWARE CHANNEL.

Este processo também pode ser executado via console. Para isso execute os seguintes comandos.

Listar canal filho

  spacewalk-channel  l

Listar canal filho disponível

  spacewalk-channel  L

Cadastrar-se a um canal

  spacewalk-channel -a -c centos_7_base
  spacewalk-channel -a -c centos_7_updates

Desabilitar outros repositórios (Opcional)

  sed -i 's/enabled=1/enabled=0/g' /etc/yum.repos.d/*
  sed -i '/name=/a enabled=0' /etc/yum.repos.d/*

Validar registro no cliente

Para validar se o repositório usado pelo cliente é o Spacewalk, execute o comando yum update e observe o repositório que será apresentado pelo YUM.

Observe que o repositório onde os arquivos serão baixados será o centos_7_updates.

Registrando um cliente Debian GNU/Linux

Antes de registrar o cliente Debian GNU/Linux é necessário criar um canal base e os canais filhos. Execute os procedimentos apresentados para a criação dos canais para o CentOS apresentados na primeira parte deste artigo.

Canal base

Canal filho

Repositório

Cadastrar o cliente no canal filho

Sincronização

O Spacewalk ainda não suporta a sincronização de pacotes Debian pela GUI ou via linha de comando usando o spacewalk-repo-sync.

Para fazer a sincronização do repositório Debian será necessário utilizar o script spacewalk-debian-sync.pl.

Execute o seguinte procedimento para fazer a sincronização dos pacotes Debian no servidor do Spacewalk.

OBS: As seguintes bibliotecas são necessárias para o funcionamento do script

  • strict;
  • warnings;
  • Compress::Zlib;
  • File::Basename;
  • Frontier::Client;
  • Getopt::Long;
  • WWW::Mechanize
  cp -p /var/www/html/pub/RHN-ORG-TRUSTED-SSL-CERT /usr/share/rhn/RHN-ORG-TRUSTED-SSL-CERT
  git clone ""https://github.com/stevemeier/spacewalk-debian-sync.git
  cd spacewalk-debian-sync
  perl spacewalk-debian-sync.pl  --username admin --password '[SENHA]' --channel 'debian_8_main' --url 'http://ftp.br.debian.org/debian/dists/stable/main/binary-amd64/'

Aguarde o download dos pacotes.

Registrando cliente Debian GNU/Linux ao Spacewalk

Execute os seguintes procedimentos no host cliente

Instalar pacotes

  aptitude install apt-transport-spacewalk rhsd

Registrar cliente

  wget ""http://[Spacewalk_Server]/pub/RHN-ORG-TRUSTED-SSL-CERT -O /usr/share/rhn/RHN-ORG-TRUSTED-SSL-CERT
  rhnreg_ks --serverUrl=https://[Spacewalk_Server]/XMLRPC --sslCACert=/usr/share/rhn/RHN-ORG-TRUSTED-SSL-CERT --activationkey=1-56e180d3b82d2265a222b3b8f7b8f8e3

O arquivo /etc/apt/apt.conf.d/50spacewalk será criado.

Para validar execute o comando aptitude update.

A partir de agora estes servidores podem ser gerenciados pelo Spacewalk de forma centralizada.

Referências

Este artigo foi publicado originalmente no blog do autor


Veja a relação completa dos artigos de Alexandro Silva