você está aqui: Home  → Arquivo de Mensagens

O comando tee

Colaboração: Rubens Queiroz de Almeida

Data de Publicação: 15 de Agosto de 1997

O comando tee permite que a saída de um comando seja gravada em um arquivo ao mesmo tempo em que é exibida na tela. Por exemplo:

 $ ls | tee saida.txt

A listagem do diretório é exibida na tela ao mesmo tempo em que é gravada no arquivo saida.txt.

O comando tee aceitas as diretivas -a, indicando que a saída do comando deve ser acrescida ao conteúdo do arquivo especificado e a diretiva -i, que especifica que interrupções devem ser ignoradas.

O comando script oferece funcionalidade semelhante, porém mais abrangente. O comando script registra tudo o que ocorre em uma sessão interativa, ao passo que o comando tee grava o resultado de apenas um arquivo.

Uma outra possibilidade é redirecionar a saída de um comando executado em uma tela para uma outra:

 $ ls | tee /dev/pts/1

Neste exemplo, a saída do comando ls será exibida na tela original e na tela identificada por /dev/pts/1.



Veja a relação completa dos artigos de Rubens Queiroz de Almeida