você está aqui: Home  → Arquivo de Mensagens

Desfragmentação de discos em sistemas GNU/Linux

Colaboração: Rubens Queiroz de Almeida

Data de Publicação: 30 de junho de 2015

Em sistemas Windows, para melhorar o desempenho, somos aconselhados a realizar de tempos em tempos a operação de desfragmentação do disco. Precisamos fazer o mesmo em sistemas GNU/Linux? A resposta é não, devido à forma como as partições EXT3 e EXT4 funcionam.

Em sistemas GNU/Linux a fragmentação é insignificante, ao menos enquanto o espaço livre no disco seja maior do que 20%.

Isto se dá devido ao fato de que em sistemas GNU/Linux a cabeça de leitura e gravação do disco rígido fica posicionada no meio da partição e os blocos de dados dos arquivos são escritos de forma espaçada por toda a partição. Sistemas GNU/Linux não escrevem os arquivos em blocos contíguos (como sistemas Windows), mas sim com espaços vazios entre os arquivos individuais. Desta forma, um arquivo individual raramente se fragmenta: existe espaço para o crescimento contínuo do arquivo.

Entretanto, se a partição possui menos do que 20% de espaço livre, a fragmentação pode vir a ocorrer, causando lentidão no sistema. Tome então cuidado para não deixar que suas partições tenham uma taxa de ocupação superior a 80%.

Esta forma de funcionamento só se aplica a partições que utilizem formatos nativos de sistemas GNU/Linux, como EXT3 ou EXT4. Estas considerações não se aplicam a partições FAT, FAT32 e NTFS

Esta dica foi livremente traduzida a partir do artigo How can I defragment the hard drive in Linux?, do portal Easy Linux Tips Project.



Veja a relação completa dos artigos de Rubens Queiroz de Almeida

 

 

Opinião dos Leitores

Seja o primeiro a comentar este artigo
*Nome:
Email:
Me notifique sobre novos comentários nessa página
Oculte meu email
*Texto:
 
  Para publicar seu comentário, digite o código contido na imagem acima
 


Powered by Scriptsmill Comments Script