Conheça o Expresso V3

Colaboração: Marcelo Costa Toyama

Data de Publicação: 21 de outubro de 2013

Nos últimos dias temos visto notícias sobre sobre a quebra de sigilo feita pelos USA e a reação do Brasil. A presidenta Dilma aprovou o Expresso V3 - software do SERPRO - Serviço Federal de Processamento de Dados no lugar do Microsoft Outlook. Ele é o novo software de webmail que será utilizado por todas as esferas do governo federa.

Saiba mais sobre o Expresso V3

Meu nome é Marcelo Costa Toyama - sou funcionário do serpro e trabalho no setor de testes do expresso v3.

 

 

Veja a relação completa dos artigos de Marcelo Costa Toyama

Avalie esta dica

  • Currently 2.95/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Avaliação: 2.9 /5 (6108 votos)

Opinião dos Leitores

Mauro Folha
14 Out 2015, 10:18
Eu queria um usuario e senha do serpro pra consultar uma placa de um carro que bateu em mim. :(
João Lucas
22 Out 2013, 20:21
Tudo BALELA e propaganda enganosa do Presidente do Serpro.
Trabalho no Serpro, e posso afirmar: o Expresso (Tine) é ruim e não foi desenvolvido pelo Serpro. Só mudaram a cara! Não estou julgando a empresa, pois é boa pra trabalhar e tem soluções excelentes, como a declaração de imposto de renda. Mas nem os funcionários do Serpro suportam essa solução. A versão 2, que também não foi o Serpro que desenvolveu, já era muito criticada, a versão 3 ficou pior... É sério!
A empresa peca em duas coisas: Expresso e o Framework Demoiselle, que o próprio presidente defende com unhas e dentes, que indica uma produtividade de 6 H/PF, mas projetos que atingem 17 H/PF já são comemorados. No fim ninguém usa o Demoiselle, só fica o mínimo pra entrar nos "indicadores", temos que usar outras ferramentas, como o Framework Spring, pra corrigir os bugs do Demoiselle... Falo com propriedade, pois uso as duas ferramentas (infelizmente sou obrigado a usar)!
José Antonio Meira da Rocha
21 Out 2013, 12:29
O que os governos federal, estaduais e municipais deviam fazer é proibir todos os sistemas operacionais fechados onde não fossem estritamente necessários. Quem duvida que eles não têm "porta dos fundos"?
Marcelo Costa Toyama
21 Out 2013, 11:42
Não concordo com o julgamento rápido de Roberto Alcantara, mas ele tem razão em algo! Veja o Expresso V3 e o Tine20. Não apenas a interface, mas os módulos e código fonte!! Desejo que os leitores da Dicas-l tirem suas proprias conclusões!
Roberto Alcantara
21 Out 2013, 11:18
E para quem tem dúvidas, vejam os dois produtos em ação e tirem suas conclusões (as senhas de demo estão na página):

https://comunidadeexpresso.serpro.gov.br/expressov3/
https://demo.tine20.net/ (pode escolher português)
Roberto Alcantara
21 Out 2013, 11:13
Marcelo, então se eu desenvolver um driver para o Linux fica bonito eu dizer que tenho um sistema operacional próprio?

Ademais, cadê essas modificações pontuadas, pra a gente saber se realmente foi um esforço que justifica a mudança de nome?

Suportar um outro banco dá o direito de mudar o nome? Em um sistema modular como o Tine2 que só precisa de um conector novo e poucas mudanças?

Fazer melhoria e voltar para o projeto original não é caridade, é obrigação pela licença. Mas até que me provem com código e muita funcionalidade diferente, mudar o nome só ofusca o Tine2 e dá a entender ao público geral que o Serpro desenvolveu o Expresso3, o que é uma grande mentira.


Marcelo Costa Toyama
21 Out 2013, 11:07
Primeiro, a equipe do Tine20 e do expresso V3 se auxiliam mutuamente - no espirito do software livre. O Expresso não é apenas uma mudança na aparência do Tine20. O expresso implementa soluções que não estavam originalmente no tine, como suporte a postgres, ldap e melhorias de performance.
Roberto Alcantara
21 Out 2013, 10:03
Talvez um artigo realmente interessante possa ser o que realmente o Expressov3 tem de diferente do Tine 2.0 que justifique uma mudança de nome e 'ganho de créditos' em rede nacional pelo presidente do Serpro.

O que eu pude perceber é que o Serpro criou módulos adicionais (como tantos que existem para softwares como Zimbra, ZABBIX, entre outros), mas colocou seu nome lá e o Tine2.0 nem créditos ganha no mundo real (aquele linkzinho embaixo não diz nada pro usuário).

O Serpro teria que realmente mudar muita coisa - um fork - para justificar mudar o nome de produto Open Source.
Gustavo Chaves
21 Out 2013, 07:59
O link HTTPS pra comunidadeexpresso.serpro.gov.br está usando um certificado auto-assinado. Sugiro trocar por um link HTTP direto.
*Nome:
Email:
Me notifique sobre novos comentários nessa página
Oculte meu email
*Texto:
 
  Para publicar seu comentário, digite o código contido na imagem acima
 


Powered by Scriptsmill Comments Script