Configuração do modem Aiko 76e para a utilização do Vivo Zap no Linux

Colaboração: Bill Coutinho

Data de Publicação: 28 de março de 2008

O Vivo Zap é uma boa opção para acesso banda (quase) larga, com uma boa área de cobertura. Uma das opções para este acesso é através de um modem: o Aiko 76e.

Como sempre, o produto vem com um CD para a instalação no Windows, mas nada de suporte para Linux. Mas a configuração não é tão complicada e pode ser feita em poucos minutos. Vamos lá.

Depois de plugar o modem, execute:

  $ lsusb 
  ... 
  Bus 002 Device 011: ID 19d2:fffe        <=== este é o ID do modem 
  ... 

O idVendor do modem é 0x19d2 e o iDProduct é 0xfffe. Se quiser mais detalhes sobre os dispositivos USB, execute:

  $ lsusb -v 

Com estas informações podemos subir o módulo usbserial informando o ID do modem:

  $ sudo modprobe usbserial vendor=0x19d2 product=0xfffe 

Podemos verificar se foram criados os dispositivos seriais:

  $ ls -l /dev/ttyUSB* 
  crw-rw---- 1 root dialout 188, 0 2008-03-05 15:59 /dev/ttyUSB0 
  crw-rw---- 1 root dialout 188, 1 2008-03-05 15:59 /dev/ttyUSB1 
  crw-rw---- 1 root dialout 188, 2 2008-03-05 15:59 /dev/ttyUSB2 

Agora, temos que configurar o PPP para a conexão via o modem. Existem várias maneiras de realizar esta configuração no Linux. Para quem utiliza o KDE, o KPPP pode ser uma boa opção. Como eu utilizo o Ubuntu, fiz esta configuração no NetworkManager [http://www.gnome.org/projects/NetworkManager/]. O PPP também pode ser configurado pelo linha de comando com o WvDial. Mais detalhes sobre o PPP podem ser encontrados no Linux PPP HOWTO [http://tldp.org/HOWTO/PPP-HOWTO/].

As configurações importantes são:

  Phone number: #777  
  User name: [número_do_vivozap]@vivozap.com.br 
  Password: vivo 
  Modem port: /dev/ttyUSB0 

O número do Vivo Zap está em uma etiqueta colada na caixa do modem.

Neste ponto, podemos testar a conexão colocando-a no ar.

Uma ferramenta importante para ajudar a debugar problemas é o log do sistema:

  $ tail -f /var/log/syslog 

Outras verificações importantes são:

Verificar se o link ppp0 está ativo e com o endereço IP atribuído:

  $ ifconfig 

Verificar se o roteamento está ok:

  $ netstat -rn 

Se tudo estiver bem, podemos seguir adiante e configurar o Linux para subir o módulo serial automaticamente, ao plugarmos o modem à porta USB. Isto é feito com a criação de 2 arquivos de configuração:

/etc/modprobe.d/usbserial.modprobe com o conteúdo:

  # Aiko 76e - Vivo 
  options usbserial vendor=0x19d2 product=0xfffe 
  
  
  /etc/udev/rules.d/91-aiko76eusb.rules com o conteúdo: 
  
  # Load the usbserial module if the Aiko 76e USB Serial interface plugged in 
  # Note that the options for module have to be defined in 
  # /etc/modprobe.d/usbserial.modprobe 
  SUBSYSTEM=="usb", SYSFS{idProduct}=="fffe", SYSFS{idVendor}=="19d2", RUN+="/sbin/modprobe usbserial" 

Wine 1.0

Fonte: Notícias Linux

Depois de 15 anos de desenvolvimento, Wine 1.0 já tem data de lançamento

Depois de 15 anos de desenvolvimento, a equipe do Wine anunciou a data para lançamento da versão 1.0, além de outras informações. Leia: http://wiki.winehq.org/WineReleasePlan

Fonte: http://softlibre.barrapunto.com/softlibre/08/03/17/1820221.shtml

Comente: http://www.noticiaslinux.com.br/nl1205807006.html#comentarios

 

 

Veja a relação completa dos artigos de Bill Coutinho

Avalie esta dica

  • Currently 3.02/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Avaliação: 3.0 /5 (2408 votos)

Opinião dos Leitores

Seja o primeiro a comentar este artigo
*Nome:
Email:
Me notifique sobre novos comentários nessa página
Oculte meu email
*Texto:
 
  Para publicar seu comentário, digite o código contido na imagem acima
 


Powered by Scriptsmill Comments Script