você está aqui: Home  → Arquivo de Mensagens

Como instalar o Android SDK

Colaboração: Alessandro de Oliveira Faria

Data de Publicação: 13 de março de 2010

Neste documento veremos passo a passo como instalar e configurar o Android SDK da Google, como também configurar o Eclipse e desenvolver e compilar o tradicional Hello Word. "

Introdução

Android é um sistema operacional open source baseado no Linux para dispositivos portáteis. Pertencente ao Google e a Open Handset Alliance (OHA), uma aliança voltada para dispositivos móveis open source, composta com aproximadamente 30 empresas de nome mercadológico (Intel, Motorola, Samsung e outros).

O seu SDK (kit de desenvolvimento) proporciona ferramentas e chamadas via API na linguagem JAVA para desenvolvimento de programas. Resumidamente, são programas para celulares com um sistema operacional, middleware e interface. A seguir um breve resumo da arquitetura, onde os principais recursos desta plataforma mobile são a máquina virtual otimizada, navegador integrado, biblioteca 2D e 3D, banco SQLite e plugin para o Eclipse (ADT).

Arquitetura (Raio X do Android)

A "Camada Linux Kernel" é a camada composta do kernel do Linux versão 2.6 que orquestra os serviços, segurança, gerenciamento de memória e processos, rede e drivers. Não podemos esquecer também da abstração do hardware nesta camada. Já na camada de bibliotecas encontramos diversas bibliotecas em C/C++ utilizadas pelo Android: biblioteca C padrão (libc), multimídia, visualização de camadas 2D e 3D, funções para browser, funções para gráficos, funções de aceleração de hardware, renderização 3D, fontes bitmap e vetorizada e funções de acessos ao banco SQLite. Em síntese, todos os recursos são disponíveis no Framework para o desenvolvimento de pacotes.

Dalvik é uma uma instância da máquina virtual. Dalvik é criada para cada novo programa em execução no Android. O Dalvik é uma máquina virtual diferente da tradicional JVM, mais performática (pelo fato de ser otimizada para dispositivos móveis), com maior integração com a nova geração de hardware e projetada para executar várias VMs paralelamente, é otimizada para consumo mínimo de memória, bateria e CPU.

Framework Application: disponibiliza todas as APIs e recursos necessários para os pacotes/aplicativos: classes visuais como botões e views, Content Providers (troca de recurso entre aplicativos), gerenciador de recurso, ciclo de vida da aplicação e gerenciador de pacotes.

Camada Applications: é a camada que, como o próprio nome diz, encontra-se todos os aplicativos do Android, como cliente de e-mail, navegador web, contatos entre outros. Resumindo, para desenvolver programas para a plataforma Android, criaremos os aplicativos em Java na VM Dalvik.

Instalação e configuração

A seguir instruções passo a passo para a instalação do Android SDK e eclipse.

Instalando e configurando o ambiente de desenvolvimento Android SDK

Em primeiro lugar, o download deve ser efetuado em http://developer.android.com/sdk/index.html, selecione o arquivo referente a plataforma utilizada (Windows, Linux ou Mac) e clique em "I agree to the terms of the SDK License Agreement" para aceitar os termo da licença do SDK e logo a após pressione o botão Download. Abaixo os comands no modo console para efetuar a descompactação do arquivo SDK e execução do Android.

  $ tar -zxvf android-sdk_r04-linux_86.tgz $ cd
  android-sdk-linux_86/tools
  $ ./android

Sugiro adicionar na variável ambiental PATH a pasta TOOLS do pacote Android SDK. Basta inserir no arquivo ~/.bashrc uma linha informando a localização das ferramentas do Android. A seguir um exemplo da linha a ser adicionada:

  export PATH=${PATH}:<pasta de instalação do android>/tools

Ao executar o comando ./android, se tudo estiver funcionando corretamente, teremos um formulário similar ao da figura abaixo:

Adicione os componentes no SDK e clique na opção Avaliable Packages e selecione a plataforma desejada (Android 1.1, 1.5, 1.6, 2.0, 2.1... ). Caso ocorra problemas de conexão, habilite o uso forçado https selecionando a opção Settings e Force https. E repita a operação.

Na janela de diálogo, clique em Accept e no botão Install Accept.

Instalação e configuração do Eclipse

A instalação do Eclipse pode ser efetuada no link http://www.eclipse.org/downloads/, com a extração do .tar.gz ou a utilização do YaST (na distribuição openSUSE) e seleção dos pacotes RPM. Selecione primeiramente o pacote eclipse e pressione o botão Aceitar.

Os felizes usuários do sistema openSUSE também podem optar pela instalação 1-Click Install [43]repositório de software.

Instalando o plugin do Eclipse (ADT - Android Development Tools)

No meu caso estou utilizando o Eclipse 3.5. Entretanto na página oficial do Android é mencionada a compatibilidade com diversas versões. Para iniciar a instalação do plugin ADT, abra o Eclipse, selecione o item Help do menu principal, logo após o subitem "Install New Software".

Clique no botão "ADD..." para adicionar o site.

Adicione o Google plugin for Eclipse.

Selecione todas as opções (Google Plugin Eclipse, Google App Engine Java e Google Web Toolkit).

Linux: Instalando o Android SDK na plataforma Linux. Repita a operação adicionando o site do ADT (Android Development Tools) digitando o endereço https://dl-ssl.google.com/android/eclipse/ e adicione ambos os pacotes.

Configure o Android selecionando o item Windows e clique na opção preferences.

Configure a localização do SDK e clique no botão "APPLY".

Pronto, nesta etapa o seu Eclipse está configurado com sucesso.

Criando o primeiro Hello Word.

Para criar uma aplicação Android no Eclipse, selecione a opção "File" do menu principal, depois a opção "New" e logo após clique em "Project". A seguir, selecione o item "Android Project" e clique no botão "Next".

Na janela de diálogo do projeto, digite o nome do projeto, nome do pacote, nome da classe e o nome da aplicação. Selecione as opções "Create new project in workspace" e clique em "Use default location", finalize clicando no botão "Finish".

Se tudo estiver funcionando corretamente, o código abaixo foi criado no nosso projeto HelloAndroid:

  package com.android.hello;
  import android.app.Activity;
  import android.os.Bundle;
  public class HelloAndroid extends Activity {
  /** Called when the activity is first created. */
  @Override
  public void onCreate(Bundle savedInstanceState) {
      super.onCreate(savedInstanceState);
      setContentView(R.layout.main);
  }
  }

Modifique o código inserindo as seguintes linhas como no exemplo do fonte a seguir:

  package com.android.hello;
  import android.app.Activity;
  import android.os.Bundle;
  import android.widget.TextView;
  public class HelloAndroid extends Activity {
  /** Called when the activity is first created. */
  @Override
  public void onCreate(Bundle savedInstanceState) {
      super.onCreate(savedInstanceState);
      TextView tv = new TextView(this);
      tv.setText("Hello, Android for pt.opensuse.org");
      setContentView(tv);
  }
  }

Para executar o programa no emulador do Android, basta selecionar o item "Run" do menu principal, depois a opção "Run...". Na janela de dialogo, selecione o item Android Application e clique no botão OK.

O emulador será iniciado, e logo a seguir veremos o nosso primeiro programa em ação no Android. Na figura abaixo, a tela do programa HelloWord for pt.opensuse.org.

Para quem deseja ter contato com o Android, acredito que este documento seja um bom ponto de partida para uma longa caminhada de aprendizado.

Para finalizar, sugiro também o artigo publicado na Linux Magazine, também disponibilizado como dica no VOL, Aprenda a desenvolver programas para o Android.

Como diz o Prof. Pietro Ubaldi:

"O próximo grande salto evolutivo da humanidade será a descoberta de que cooperar é melhor que competir"

Alessandro Faria é sócio-proprietário da empresa NETi TECNOLOGIA fundada em Junho de 1996 (http://www.netitec.com.br), empresa especializada em desenvolvimento de software e soluções biométricas, Consultor Biométrico na tecnologia de reconhecimento facial, atuando na área de tecnologia desde 1986 assim propiciando ao mercado soluções em software. Leva o Linux a sério desde 1998 com desenvolvimento de soluções open-source, membro colaborador da comunidade Viva O Linux, mantenedor da biblioteca open-source de vídeo captura entre outros projetos.


 

 

Veja a relação completa dos artigos de Alessandro de Oliveira Faria

Opinião dos Leitores

enzo
06 Ago 2013, 21:20
obrg!<3
Alcides
11 Set 2011, 20:48
parabens e obrigado
Tiago Dias
28 Jun 2011, 08:21
Obrigado, inicei por esse post.
Victor Rocha
10 Mai 2011, 10:44
Parabéns pelo Post.
Eu Achei muito explicativo e interessante, com certeza já está ajudando muita gente!

Continue assim!
Um Abraço!
Sergio Cabral
11 Jan 2011, 09:41
Bem, sou eu novamente. Com este tutorial fui capaz de criar uma aplicação e colocá-la no Market para download. O nome dela é "Marca Ponto". Ela controla os horários de entrada e saída do trabalho e mantém uma planilha atualizada do saldo de horas.
Sergio Cabral
27 Dez 2010, 11:28
Excelente, rapaz. Aqui está o meu ponto de partida. Obrigado.
*Nome:
Email:
Me notifique sobre novos comentários nessa página
Oculte meu email
*Texto:
 
  Para publicar seu comentário, digite o código contido na imagem acima
 


Powered by Scriptsmill Comments Script