Acesso direto ao conteúdo
Logotipo Dicas-L, por Ricardo Burile
Visite também: Ipok ·  Segurança Linux ·  UnderLinux ·  VivaOLinux ·  LinuxSecurity ·  NoticiasLinux ·  BR-Linux ·  SoftwareLivre.org ·  [mais]   
 

Você está aqui: Home  → Arquivo Dicas-L

 

Lan University

Assine a Lista Dicas-L

Receba diariamente por email as dicas
de informática publicadas neste site
Para se descadastrar, clique aqui.

Backup da MBR (Master Boot Record) com o comando dd

Colaboração: Rubens Queiroz de Almeida

Data de Publicação: 16 de Janeiro de 2004

O MBR (Master Boot Record) é a informação, no primeiro setor de um disco rígido ou disquete, que identifica como e onde está localizado o sistema operacional, de modo a que possa ser carregado pelo computador (boot). Adicionalmente, o MBR contém informações de particionamento do disco rígido (Master Partition Table). Finalmente, a MBR também inclui um programa que lê o setor de boot da partição que contém o sistema operacional que será carregado na memória do sistema (e por ai vai).

De tudo isto, deduzimos facilmente que a MBR contém informações muito importantes para o funcionamento do sistema. Ter uma cópia desta informação é muito importante, mas quase ninguém se lembra disto.

É importante, em procedimentos de backup, guardar uma cópia do MBR (Master Boot Record), para facilitar a recuperação de todas as informações nele contidas.

Este backup, em sistemas *nix, pode ser realizado com o seguinte comando:

  dd if=/dev/hda of=mbr.backup bs=512 count=1

Para restaurar:

  dd if=mbr-backup of=/dev/hda bs=512 count=1

Como a tabela de partições ocupa os últimos 66 bytes da MBR, caso se queira preservar esta informação, podemos variar a sintaxe do comando dd:

   dd if=mbr-backup of=/dev/hda bs=446 count=1

A identificação do disco neste exemplo, /dev/hda, pode variar. Discos SCSI, por exemplo, são identificados por /dev/sdX, onde X pode ser a, b, etc.

É claro que uma estratégia de backup vai muito além de se salvar a MBR.

Para saber mais, leia o documento sobre clonagem de sistemas GNU/Linux, onde eu falo em detalhes sobre este assunto. Os procedimentos podem ser adaptados para diversas finalidades. Afinal de contas, uma clonagem nada mais é do que uma forma de backup.

Este documento está em http://www.dicas-l.com.br/lic

Para saber mais sobre a MBR, leia o documento Understanding and working with the MBR, que está em http://www.geocities.com/rlcomp_1999/procedures/mbr.html,

 

 

Veja a relação completa dos artigos de Rubens Queiroz de Almeida

Formato PDF
Newsfeed RSS
Formato para impressão
PDF RSS Imprimir

Referências Adicionais

Referências adicionais sobre os assuntos abordados neste site podem ser encontradas em nossa Bibliografia.

Avalie esta dica

  • Currently 2.96/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Avaliação: 3.0 /5 (2480 votos)

Opinião dos Leitores

nabess
08 Fev 2012, 09:40
ufa!!!!!!
cara vcs salvaram minha vida valeu S2
"serei eterna mente grata"
*Nome:
Email:
Me notifique sobre novos comentários nessa página
Oculte meu email
*Texto:
 
  Para publicar seu comentário, digite o código contido na imagem acima
 


Powered by Scriptsmill Comments Script
3ª geração do Under Servidor Cloud

Mobcamp 2014



 

Aprenda a Programar A Arte de Ensinar o Computador